ONÇA COMBO: trio brasileiro de folk e jazz

Disco de estreia traz sons rústicos e com liberdade harmônica

Com lançamento pela parceira Goma Gringa Discos, o ONÇA COMBO apresenta seu LP homônimo com dois lados instrumentais. Conheça mais sobre a banda que enraíza seus conceitos musicais na investigação de tradições indígenas, ibéricas e latinas, principalmente do nordeste do Brasil.

ONÇA COMBO foi fundado em janeiro de 2015 por Thiago Leiros-Costa, nas violas; e recebeu Stephan Thomas, no sax barítono e João “Cassicobra” Cassiano, nas percussões. Os dois nomes paraibanos já eram bem atuantes da música recente do estado.

O álbum que ganhou sua versão em vinil este ano, foi gravado ao vivo em praticamente duas sessões, sem ensaios ou arranjos pré-definidos. Essas características deram o teor rústico e de improvisação, bem comuns do jazz.

Capa ONÇA COMBO - ONÇA COMBO

O animal que dá nome ao trio foi escolhido pelo seu simbolismo no país e nas Américas. Os músicos buscam com esse símbolo, mesmo ameaçado de extinção, honrar a tradição estética visceral latina e brasileira.

ONÇA COMBO foi mixado por Gustavo Mendes, no Movido Estúdio, em São Paulo, direto de uma mesa analógica. O processo foi feito para que qualquer edição e lapidação do material bruto fossem minimizadas, e deixasse o som fiel ao que foi tocado ao vivo.

A arte de capa do álbum foi feita pelo artista visual Thiago Verdeee, e a diagramação e projeto gráfico, pelo nosso consultor em artes gráficas, Frédéric Thiphagne, da Goma Gringa. ONÇA COMBO acaba de lançar o trabalho e já prepara o segundo disco ‘Ubi Sunt’. Ouça ONÇA COMBO, aqui.

Compartilhe isso:

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial